• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 41
  • 1
  • Tagged with
  • 42
  • 16
  • 11
  • 11
  • 10
  • 8
  • 8
  • 8
  • 7
  • 7
  • 7
  • 7
  • 7
  • 7
  • 6
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
21

Loucura : a temática que constrói o discurso da obra Hospício é Deus, de Maura Lopes Cançado

Batista, Daniele Aparecida. 2010 (has links)
Orientador: Ana Maria Carlos Banca: Altamir Botoso Banca: Cleide Antonia Rapucci Resumo: A palavra do louco, que por muito tempo fora renegada à marginalidade e ao silêncio, passa a ser agora, com o estudo da obra Hospício é Deus, evidenciada. A partir do título, o leitor já infere toda a dramática experiência vivida por uma mulher, a personagem narradora Maura, e por outras que povoavam o cenário social da década de 60. Na construção de seu diário, a escritora mineira Maura Lopes Cançado utiliza-se da memória para recriar o passado e para buscar elementos que justifiquem os desatinos vividos. Deste modo, pode-se conceber a obra como uma criação literária cuja verdade, aos poucos, turva-se com a construção artística que transforma tudo em ficção. Na obra Hospício é Deus, falar em recriação faz com que tenhamos que nos remeter à sua biografia, pano de fundo de sua obra, marcada, sobretudo pelo caos da rebeldia, da intolerância e da loucura. Como seria abordar sua própria vida em matéria literária? Esse é o assunto que abordamos no primeiro capítulo deste trabalho, que procura compilar os principais dados biográficos da autora, bem como de sua produção, como meio de resgatá-la do esquecimento e inseri-la no panorama literário brasileiro. Maura empenhou-se na tarefa de retratar a loucura, investigando indistintamente o caráter benévolo e malévolo que inspira os atos humanos. De fato, a obra abre uma grande polêmica pela forma radical com que retrata as atrocidades e descasos vivenciados pelas pacientes do hospício. Imbuída dessa consciência crítica de oposição aos valores vigentes no Brasil da década de 60, a narradora faz sua denúncia social e critica sobretudo a pecha que lhe imputavam de ser mulher e louca. Hospício é Deus atrai a atenção pelos recursos estilísticos utilizados por Maura para a criação da obra... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) Abstract: The mad's word was for such a long time, renegade to marginality and silence. But now, through the study of Hospício é Deus, the mad's word is evidenced. From the title, the lector can understand the whole dramatic experience lived by a woman, the narrator character Maura, and others women that filled the social scenario of 60's. In the organization of her diary, mineira writer Maura Lopes Cançado used her memory to recreate the past and to search elements to justify the lived follies. Thereby, we can conceive the work like a literary creation in fact truth, bit by bit, is blurred with the artistic construction that transforms all in fiction. Hospício é Deus, talks about recreation, it makes us to refer to her biography, background of her work, that was marked by chaos of rebellion, intolerance and insanity. How can she approach her own life as literary material? This is the main subject that we study in the first chapter of this work, that compiles the Maura's biographical data and her literature, as a way to rescues her from forgetfulness and introduce her in the Brazilian literary scene. Maura committed herself to the task of portraying the madness, investigating the equally benevolent and malevolent character that inspires the human acts. Indeed, the works opens up a huge row with the radical way that portrays the atrocities and neglect experienced by patients in hospice. Imbued with this critical awareness of the opposition of the values prevailing in Brazil of the 60's, the narrator makes her social critique and criticism mainly imputed to her the taint of being a woman and mad. Hospício é Deus draws attention to the stylistic features used by Maura for the creation of her work. Identification of these resources was essential for the recognition of literary values of the text... (Complete abstract click electronic access below) Mestre
22

Diários íntimos e literatura : a poesia de Carolina

Neme, Izabel Mano. 2011 (has links)
Orientador: Ana Maria Domingues de Oliveira Banca: Cleide Antonia Rapucci Banca: Marlise Vaz Bridi Resumo: No século XVIII, com o advento da burguesia e o crescimento da população se iniciaram os escritos autobiográficos, mas foi apenas no final do século XIX que os diários puderam ser considerados como uma escrita de si mesmo. Todavia, foi ao longo do século XX, que essa escrita de foro íntimo adquiriu um status mais privilegiado, onde se incluem os diários, correspondências e autobiografias. Dessa forma, emergiram, definitivamente, os diários íntimos e, especialmente aqui, os de autoria feminina. Se os diários íntimos não eram considerados literatura, atualmente, após sua redescoberta, com a riqueza de sua narrativa, repletas de informações autobiográficas, históricas, sociais, saíram da alcova e ganharam o mundo tornando-se referência como fonte para pesquisadores das mais variadas áreas do conhecimento. Quase sempre guardados em segredo, escondidos em gavetas, caixas, baús, materializados em papel e tinta, os diários íntimos conquistaram na última década lugar de destaque como objetos de estudo nas academias. Este trabalho analisa os diários e apresenta o "fazer poético" de Carolina Martins de Mattos, uma mulher comum que buscou na escrita de poemas uma maneira de expressar seus sentimentos. Os poemas são distintos entre adaptações e composições próprias da autora e registram também toda sua licença poética ao demonstrar a maneira como ela interferia em poemas de outros autores, sempre trazendo os versos para a realidade de sua viuvez e o sentimento de solidão que acompanhou seu luto Abstract: In the 18th century, with the arrival of the bourgeoisie and the population increase the autobiographical writings began, but, it was just in the end of twentieth century that the journals could be considered as a self-writing. However, it was during the 20th century, that this writing of intimate character got a more privileged status, where are included the journals, correspondences and autobiographies. In this way, definitively the intimate journals have risen and, especially in this point, those written by women. If the intimate journals were not considered as literature, today, after their rediscovery, with the wealth of their narrative, full of autobiographical, historical and social information, they got out the bedrooms and went out to the world becoming reference as source to researchers in the most various areas of knowledge. Almost always kept in secrecy, hidden in drawers, boxes, lockers, materialized in paper and ink, the intimate journals have conquered prominence in the last decade as object for studies in the academy. This work analyzes the journals and introduces the "poetical making" of Carolina Martins de Mattos, a common woman who sought in the writing of poems a way to express her feelings. The poems are distinct among adaptations and she interfered in poems by other authors, always bringing in the verses to the reality of her widowhood and the feeling of solitude that came along her mourning Mestre
23

O diário como expressão lírica em Cyro dos Anjos

Souza, Helane Santos 29 February 2016 (has links)
Esta dissertação tem como proposta fazer uma análise do modo como o gênero diário é utilizado nos romances de Cyro dos Anjos: O amanuense Belmiro, Abdias e Montanha. Tendo tal prioridade, buscaremos compreender como esse gênero, por ser fragmentado e libertário, possibilita um ambiente propício para a exposição da pessoalidade dos narradores. Nesta perspectiva, analisaremos os romances à luz do conceito de diário, ressaltando as peculiaridades desse gênero e analisando o modo como essa estrutura contribui para as obras em pesquisa. Para tanto, utilizaremos a teoria de Philippe Lejeune (2008) a respeito do formato diarístico, assim como procuraremos subsídio na fortuna crítica das obras. Sobretudo, nos basearemos nas leituras dos romances, com o auxílio de teorias que possuam alguma ligação com a temática proposta. Por fim, buscaremos mostrar que o diário é a base lírica dos três romances, assim como um ponto de encontro entre eles. This dissertation objective is to make an analysis of how the genre diary is used in the Cyro dos Anjos’ novels: O amanuense Belmiro, Abdias and Montanha. Having such a priority we will seek to understand how this genre, for being fragmented and libertarian, enables a favorable environment for the exhibition of the personhood of the narrators. In this perspective, we will analyze the novels under the concept of diary, highlighting the peculiarities of this genre and analyzing how this structure contributes for the works in research. Therefore, we will use the theory of Philippe Lejeune (2008) about the diaristic format, as well as we will search for subsidies in the critical fortune of the literary works. Above all, we will rely on the readings of the novels, with the help of theories that have some connection with the proposed subject. Finally, we will show that the diary is the lyrical base of the three novels, as well as the connection point among them.
24

O diário de Belmiro Borba : registro de uma vida controversa

Nascimento, Marconi de Almeida 29 February 2016 (has links)
A dissertação aborda a obra O amanuense Belmiro, de Cyro dos Anjos, partindo da recepção crítica, passando por algumas leituras e estudos empreendidos sobre o autor mineiro e sua produção literária, até fixar-se na análise da narrativa do romance. Nesse ponto, examina-se como o personagem Belmiro Borba enfrenta os males dos afetos. Em outras palavras, como ele reage diante do mal que lhe imprimem o amor, a nostalgia, o medo e a solidão. Percebemos que cada um desses afetos o marca com uma estampa diferente de dor. No entanto, nosso bravo herói reage sempre da mesma maneira; escrevendo sua dor em um diário íntimo e solitário, como forma de redenção. Essa perspectiva de análise acerca dos afetos que acometem o amanuense nos leva, ao final da dissertação, a uma reflexão sobre nós mesmos e sobre nossa relação com a vida. The dissertation discusses the work O amanuense Belmiro of Cyro dos Anjos, based on the critical reception, going through some readings and studies undertaken on the mining author and his literary production, to settle in the analysis of the novel's narrative. At this point, it looks like the character Belmiro Borba faces the evils of affection. In other words, how it reacts to evil that print you love, nostalgia, fear and loneliness. Each of these affects the mark with a different pattern of pain. However, our brave hero always reacts the same way; writing their pain on a daily intimate and solitary as a way of redemption. This analytical perspective about the emotions that affect the amanuensis takes us at the end of the dissertation, to reflect on ourselves and our relationship to life.
25

Lendo e escrevendo sobre o pacto autobiográfico de Philippe Lejeune Reading and writing on Philippe Lejeune\'s autobiographical pact

Ana Amelia Barros Coelho Pace 5 October 2012 (has links)
Philippe Lejeune, ao examinar a produção autobiográfica em língua francesa, identificou um traço constante nas obras de sua leitura, ao qual ele deu o nome de pacto autobiográfico. Em uma de suas formulações, o pacto autobiográfico seria a manifestação do engajamento pessoal do autobiógrafo, por meio de uma construção textual (prefácio, nota introdutória, preâmbulo) ou paratextual (título e subtítulo, informações de contracapa e orelhas do livro), que permite ao leitor admitir o texto como expressão da personalidade daquele que escreve, em seu valor de verdade. A construção teórica se mostra insuficiente: de um texto a outro, Lejeune revê e rediscute o pacto, aplicando nuances, levantando as ambiguidades em que o gênero está envolvido. Nessas tentativas de se aproximar mais do gênero, ele se expressa de maneira autobiográfica. Com isso, seu texto torna-se ele mesmo um objeto de estudo. Busco, em minha pesquisa, evidenciar o caráter relacional do pacto autobiográfico, na conjugação de atos de escrita e leitura. Parto de uma leitura de seus estudos sobre o gênero autobiográfico, colocando-os em diálogo com sua própria trajetória de pesquisador. Indo além, interessa-nos observar as leituras que Lejeune empreende em torno das Confissões de Rousseau, em paralelo aos primeiros textos teóricos. Em seguida, considerar os pactos lançados nos estudos em torno de diários, realizados num momento posterior às teorizações do pacto autobiográfico. Importa colocar em evidência as maneiras pelas quais o pacto se manifesta no próprio texto crítico de Lejeune. Nesse sentido, busco articular a dimensão autobiográfica e a dimensão crítica de seus textos. Philippe Lejeune, examining the autobiographical production in French, identified a constant feature in the readings he did, to which he named autobiographical pact. In one of his formulations, the autobiographical pact would be the manifestation of the personal engagement of the autobiographer through a textual construction (prologue, introductory note, preamble) or para-textual (title and subtitle, information on the inside cover and book flaps), allowing the reader to admit the text as an expression of the personality of the writer, in its true value. The theoretical construction has proved insufficient: from one text to another Lejeune reviews and re-discusses the pact, applying nuances, raising the ambiguities in which the genre is involved. In those attempts to get closer to the genre, he expresses himself in an autobiographical manner. With that, his text becomes an object of study in itself. With my research, I intend to make evident the relational character of the autobiographical pact, in the conjugation of acts of reading and writing. I start with my readings of his studies about the autobiographical genre, putting them in dialogue with his own trajectory as a researcher. Besides that, we are also interested in observing the readings Lejeune undertake around the Confessions by Rousseau, in parallel to the first theoretical texts. After that, consider the pacts cast in the studies of the diaries, made after the theorizations of the autobiographical pact. It is important to make evident the ways in which the pact is expressed in Lejeune\'s critical text itself. In that sense, I expect to articulate both the autobiographical and the critical dimensions in his texts.
26

A forma confessional nos Diários de Miguel Torga The confessional form in the Diaries of Miguel Torga

Lucilene Soares da Costa 21 June 2012 (has links)
A presente tese, A forma confessional nos Diários de Miguel Torga, analisa os três diários iniciais do autor, escritos durante os anos de 1932 a 1946 e publicados entre 1941 e 1946. O recorte realizado procura, na primeira seção, mostrar o processo de constituição de Miguel Torga como autor intimista, que se deu na primeira metade do século passado, por meio dos debates do movimento presencista e da leitura intensa de autores confessionais. Esse percurso formativo foi fundamental para que pudesse elaborar um diário extremamente original, que soube preservar, no entanto, o lastro da tradição literária europeia, como demonstramos na segunda seção. Na seção final, realizamos a leitura imanente do Diário a fim de identificar e discutir as bem sucedidas estratégias de que Miguel Torga lançou mão para construir um texto em que sujeito, forma literária e vida social se entrelaçam profundamente. The present thesis, The confessional form in the Diaries of Miguel Torga, analyses the authors three initial diaries, written during the years of 1932 and 1946 and published between 1941 and 1946. This work seeks to demonstrate, in the first section, the process by which Miguel Torga became an intimist author in the first half of the last century, through the debates conducted by the presencista movement and the extensive reading of confessional authors. As we demonstrate in the second section, that formative trajectory was fundamental for him to get to elaborate a highly original diary, which yet preserves the grounding of the literary European tradition. In the final section, we make an immanent reading of the Diary so to identify and discuss the successful strategies used by Miguel Torga in order to build a text in which subject, literary form and social life are intensely interwoven.
27

Diário de bordo: uma construção colaborativa rumo à Pedagogia Cultural

Alcântara, Cristiano Rogério 20 March 2015 (has links)
Esta pesquisa realizada em duas escolas municipais de uma cidade da Grande São Paulo utiliza-se da pesquisa colaborativa, procurando apresentar a possibilidade da coordenação pedagógica lançar mão de mediações de objetos e dispositivos culturais para o desenvolvimento de uma Pedagogia Cultural amparada nas teorias de Jerome Bruner. O desenvolvimento da pesquisa é narrado numa perspectiva benjaminiana, em que a experiência é contextualizada ao máximo, procurando abarcar os diversos pontos de vista dos atores envolvidos e problematizando as consequências das mediações apresentadas preferencialmente em grupo. O Horário de Trabalho Pedagógico Coletivo (HTPC), pensado como único momento possível de se prestar como espaço de mediação do coordenador para o grupo, será contextualizado a partir das leituras dos diários de bordo escritos pelas profissionais e será o eixo estruturante das intervenções da coordenação pedagógica, bem como o instrumento privilegiado de acompanhamento e avaliação das proposições lançadas ao grupo. Dos diálogos que surgem entre as escritas das profissionais e as devolutivas do coordenador abre-se uma interlocução em que o outro é visto como responsável e colaborador nas escolhas de fruição e vivência estética para além das percepções de uma Cultura massificada, buscando a fratura estética preconizada por Algirdas Julien Greimas. A apresentação dos objetos e dispositivos culturais sempre embasada em pressupostos Éticos e da Teoria da Ação Comunicativa de Jurgen Habermas, juntamente com as ideias de Modelos Mentais de Van Dijk, nos fornecem elementos para uma análise cuidadosa do material escrito por uma professora. A tese apresenta-se em cinco capítulos que buscam reconstruir o caminho trilhado pelo coordenador pedagógico na mediação e valorização dos objetos e dispositivos culturais para as profissionais que estiveram sob sua responsabilidade, fazendo uso de uma narrativa de seus procedimentos iniciais e terminando com a descrição do que compreende ser a Pedagogia Cultural This study, carried out in two municipal public schools in a city of São Paulo s Grand Metropolitan Area, makes use of collaborative research, trying to present the pedagogical coordination s possibility of introducing the mediation of cultural objects and device toward the development of Cultural Pedagogy based on Jerome Bruner s theories. The research s evolution is told on a Benjaminian perspective, where experience is maximally contextualized, in an attempt to embrace varied points of view about all involved actors and questioning the consequences of the mediation presented preferably in groups. The Collective Pedagogical Working Hours (CPWH), thought as the only possible suitable moment for a mediation site between coordinator and group, will be contextualized starting from the reading of the logbooks written by the professionals and will be the framing axis of the pedagogical coordination s mediation, as well as a privileged tool to follow up and assess the propositions put forward to the group. From the dialogues that emerged among texts written by the professionals and the coordinator s feedbacks an interlocution gets started, where the other is seen as responsible and collaborator in aesthetic experience and pleasure choices, beyond the awareness of popularized Culture, searching for an Aesthetics of fracture recommended by Algirdas Julien Greimas. The presentation of cultural objects and device, always based on Ethic conjunctures and the Theory of Communicative Actions by Jurgen Habermas, together with Van Dijk s Mental Models, provide the elements for a careful analysis of a teacher s written topics. This thesis is presented in five chapters that look for reconstructing the pedagogical coordinator s path to mediate and valorize cultural objetcs and device to professionals under his responsibility, making use of a narrative of his initial procedures and ending up in a description of what he understands as Cultural Pedagogy
28

Compondo identidades: construindo diários na aula de língua inglesa

Soares, Maria Fachin 5 May 2006 (has links)
Esta pesquisa tem como objetivo investigar o fenômeno de construção da identidade de alunos de primeiro ano de um curso de Letras: inglês. Durante um semestre, nove alunos produziram diários reflexivos sobre suas experiências de aprendizagem nas aulas de Língua Inglesa. Escritos na própria língua estrangeira que estavam aprendendo, seus textos são narrativas de suas contradições e dúvidas, e de descobertas e constatações que fizeram sobre o aprender, sobre seu aprender inglês, sobre si mesmos. Ajudam a compor a fundamentação teórica do trabalho autores que discorrem sobre a formação da identidade (Wenger, 1998; Moita Lopes, 1998, 2002; Gee, 2000; Orlandi, 1998); sobre educação (Dewey, 1938/1963; 1916/1967; Giussani, 2004; Bruner, 1976, 1995); sobre o gênero diário reflexivo (Machado, 1998, 2005; Liberali, 1999). Entre muitos outros, destacam-se ainda van Manen (1990), Frankl (1997) e Quintás (1995, 2003) que, sob perspectivas diversas, colaboram para a compreensão de fatores envolvidos na constituição da pessoa do aluno e de seu dizer. A análise dos dados, desenvolvida dentro da perspectiva hermenêutico-fenomenológica (Ales Bello, 2004; van Manen, 1990; Gadamer, 1975; Ricoeur, 2002), buscou compreender e interpretar as histórias de aprendizagem contadas nos diários, e o efeito das experiências vividas sobre a identidade dos alunos. Histórias de aprendizagem individuais e compartilhadas são encontradas, as quais apontam para três salientes tipos de relações que contribuem para compor a identidade dos alunos: as interações que vivem ou buscam com o professor ou colegas; com os materiais e atividades propostos; e com as próprias experiências (presentes e passadas) de aprendizagem da língua estrangeira This research aims at investigating the phenomenon of identity construction of first year students from a Brazilian university Languages Course. Nine students produced reflexive diaries about their learning experiences in the English language classes. Written in the foreign language they were in the process of learning, the students texts are narratives of their contradictions and doubts, but also of their discoveries in relation to their learning in general, to their learning of the foreign language, and in relation to themselves. The theoretical underpinnings for the work are studies in the areas of identity construction (Wenger, 1998; Moita Lopes, 1998, 2002; Gee, 2000; Orlandi, 1998); education (Dewey, 1938/1963; 1916/1967; Giussani, 2004; Bruner, 1976, 1995); genres and reflexive diaries (Machado, 1998, 2005; Liberali, 1999). Equally relevant are authors such as van Manen (1990), Frankl (1997) e Quintás (1995, 2003) who, under different perspectives, also contribute to a better understanding of factors involved in the construction of the students as people and as authors. Based on the hermeneutic-phenomenological paradigm (Ales Bello, 2004; van Manen, 1990; Gadamer, 1975; Ricoeur, 2002), the data were analysed with the purpose of understanding and interpreting the learning stories present in the diaries, and the effect of the lived experiences on the students identities. Individual and shared learning stories are found, which point to three kinds of relations that help construct their identities as students: the interactions they live or seek with the teacher and their classmates; with the materials and activities proposed; with their own (present and past) learning experiences in the foreign language
29

Quem sabe ajudar a construir sonhos?: um estudo linguístico sobre um diário reflexivo de uma professora de língua estrangeira

Borborema, Márcia Ozinete de Alcântara Pinho 4 March 2011 (has links)
Esta pesquisa-ação situada no campo da Linguística Aplicada tem como objetivo geral investigar as representações da experiência em um diário reflexivo de uma professora-pesquisadora, em contexto de Educação de Jovens e Adultos em uma escola pública na Paraíba, em relação a um projeto de letramento em inglês como língua estrangeira, cujo intuito é a elaboração de um folder cultural. Mais especificamente, objetiva examinar as formas de ação do processo reflexivo (SMYTH, 1992) em relação à prática da professora-pesquisadora ao desenvolver o projeto de letramento, aprofundando a análise por meio do sistema de transitividade (HALLIDAY, 1994). Para atingir o objetivo proposto, este estudo está ancorado nos pressupostos teóricos sobre diários e prática reflexiva (BAILEY, 1990; SMYTH, 1992; ZABALZA 1994, 2004; ROMERO, 1998; LIBERALI, 1999; REICHMANN, 2001; TÁPIAS-OLIVEIRA, 2006, entre outros), práticas de letramento (KLEIMAN, 1995, 2000; BARTON et al 2000; OLIVEIRA e KLEIMAN 2008) e Linguística Sistêmico-Funcional, em especial, os Processos (HALLIDAY, 1994). A análise do corpus revela que a forma de ação mais recorrente e significativa corresponde a descrever. Em relação às representações da professora-pesquisadora, verificamos que ocorreram, principalmente, por meio de Processos materiais, inscrevendo fazeres e incluindo mais Atores, ou seja, a professora e os alunos. É possível perceber uma grande incidência de Processos materiais, que passam a sinalizar fazeres diferentes, sugerindo uma transformação da prática da professora-pesquisadora em termos de mudanças nas aulas de língua estrangeira em contexto de EJA. Concluindo, esta pesquisa demonstra a importância do diário reflexivo como prática de letramento e como instrumento de autoformação, proporcionando uma (re)significação do papel do professor, como também ressalta a necessidade de reinventar o processo de ensino-aprendizagem da língua inglesa, enfatizando a relevância de projetos de letramento, dando um maior enfoque na questão da escrita como prática social. This action-research placed in the field of Applied Linguistics has as general objective to investigate the representations of experience in a reflective journal of a researcher-teacher, in context of Educação de Jovens e Adultos in a public school at Paraíba, in relation to a literacy project in English as FL which aims to elaborate a cultural folder. More specifically, I objective to examine the ways of acting of the reflexive process (SMYTH, 1992) in relation to the practice of the researcher-teacher when developing the literacy project, deepening the analysis through the system of transitivity (HALLIDAY, 1994). To achieve the proposed objectives, this study is based on the theoretical assumptions on journals and reflective practice (BAILEY, 1990; ZABALZA 1994, 2004, LIBERALI, 1999; REICHMANN, 2001; TÁPIAS-OLIVEIRA, 2006, among others), on literacy practices (KLEIMAN, 1995, 2000; BARTON et al 2000; OLIVEIRA and KLEIMAN 2008; TINOCO, 2008; ROJO, 2008) and on Sistemic-Functional Linguistics (HALLIDAY, 1994). The results reveal that the way of acting occurred the most correspond to describing; it is also the most significant one. In relation to the researcher-teacher's representations concerning her own practice, it is verified that that representation happened, mainly, through the material Processes, portraying the concrete actions, including more Actors, i.e., the teacher and the students. It is possible to notice a great incidence of material Processes, that signalizes different doings suggesting a transformation of the researcher- teacher in terms of changes in foreign language teaching in context of EJA. In conclusion, this study demonstrates the importance of reflective journaling as a literacy practice and as an instrument of self-development tool, (re)signifying the role of the teacher. This study also underscores the need to reimagine English language teaching/learning process, emphasizing the importance of focusing on writing as a social practice and on literacy projects.
30

O autor-criador e o(s) outro(s): a estética da vida na escrita de diários de irmãos agricultores The author-creator and the other(s): life aesthetics in the diaries written by farmer brothers

THIES, Vania Grim 4 March 2013 (has links)
Este estudo analisa os diários de três irmãos agricultores e como eles inscrevem as suas vidas, esteticamente, no ato da escrita do cotidiano rural. O referencial teóricometodológico principal do estudo foi o Círculo de Bakhtin e demais autores que possuem estudos baseados na teoria bakhtiniana. A tese está ancorada no pressuposto do ato ético e responsável como interação possível entre os dois mundos: mundo da vida e mundo da teoria. Os diários foram problematizados, portanto, como ato ético e responsável nos quais os agricultores realizam a interação entre os dois mundos nos registros cotidianos. Foram analisados vinte e um diários produzidos pelos três irmãos Schmidt em diferentes momentos da vida de cada um, entre o período de 1972 a 2007. Aldo iniciou a escrita de diários em 1972. Em 1976, casou-se e permaneceu escrevendo os diários com a nova família, perpetuando a prática até os dias atuais. Já Clemer foi encarregado pelo pai para realizar a escrita coletiva da família, os diários; portanto, não eram registros pessoais como os de Aldo, mas apontamentos da família. Clemer escreveu somente na casa do pai, enquanto solteiro. Em 1979, casou-se, constituiu nova família e parou de escrever, deixando os diários na casa paterna para que os demais irmãos continuassem escrevendo. De maneira diferente da de Clemer e de Aldo, o irmão Clenderci deu início aos diários depois que se casou, em 1983, escrevendo até o ano de 1992. A tese mostra que há a interação entre o mundo da teoria e o mundo da vida por meio do ato único e responsável da escrita dos diários. A autoria de cada um dos três irmãos reflete como a forma composicional da organização dos diários é semelhante; porém, em seus aspectos arquitetônicos, são diferentes. Cada autor tem seu projeto arquitetônico e escreve os enunciados do dia de acordo com sua posição axiológica, registrando à sua maneira e organizando esteticamente segundo seu autor-criador, criando sentidos diferentes na sua produção. Portanto, a estética da vida é a própria existência dos autores-criadores Aldo, Clemer e Clenderci no ato da escrita dos diários, representando a sucessão de atos vividos no cotidiano da vida rural. This study analyzes the diaries written by three farmer brothers and how their lives have been aesthetically engaged in the act of writing in a rural routine. Its main theoretical-methodological reference was the Bakhtin Circle, besides other authors studies which have been based on the Bakhtinian theory. This dissertation is supported by the presuppositions regarding the aesthetic and responsible act which may enable interaction between two worlds: the world of life and the world of theory. Therefore, the diaries were problematized as an aesthetic and responsible act with which the farmers developed interaction between both worlds in their daily routines. Twenty one diaries written by three Schmidt brothers in different moments of their lives, from 1972 to 2007, were analyzed. Aldo started his writings in 1972, got married in 1976 and has kept writing his diaries with his new family so far whereas Clemer was asked - by his father - to carry out the family s collective writings; thus, it was a family s diary, rather than a personal diary like Aldo s. Clemer only wrote while he was single and lived in his father s home. He got married in 1979, moved in with his new family and stopped writing but left the diaries in his father s home so that his brothers could go on writing. Unlike his brothers, Clenderci started writing his diary after getting married in 1983 and kept writing until 1992. This dissertation shows that there is interaction between the world of theory and the world of life through the unique and responsible act of diary writing. Each brother s ownership shows how similar the compositional forms of the diary organization are; however, they are different regarding their architectural aspects. Each author has his own architectural project, writes down everyday utterances in agreement with his axiological position, registers facts in his own way, organizes them aesthetically according to his authorcreator, and, consequently, produces different senses in his writing. Therefore, the aesthetics of life is existence itself: the existence of the authors-creators Aldo, Clemer and Clenderci in the act of writing their diaries which represent the succession of acts they go through in their rural lives.

Page generated in 0.0948 seconds